12 de janeiro de 2022

Atenção para a nova tabela de contribuição do INSS

Aumento do salário mínimo altera tabela de contribuições ao INSS

Com o aumento do salário mínimo, de R$ 1.100 para R$ 1.212, as contribuições para o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) subiram 10,18% e com isso toda a tabela de contribuição foi alterada. Os valores reajustados valem para o próximo mês.

As novas alíquotas do INSS para empregados, empregados domésticos e trabalhadores avulsos, vigente para este ano deve ficar assim: 7,5% para quem recebe o piso de R$ 1.212; 9% para quem recebe de R$ 1.212,01 a R$ 2.427,79.

Já, quem recebe de R$ 2.427,80 a R$ 3.641,69, vai pagar 12%. A maior alíquota, de 14%, é destinada a quem recebe de R$ 3.641,70 a R$ 7.088,50.

No caso dos contribuintes individuais facultativos e do MEI, a contribuição também tem reajuste, conforme tabela abaixo.

Tabela para contribuinte individual facultativo e MEI

  • Contribuição de 20%: R$ 242,40;
  • Contribuição de 11%: R$ 133.32;
  • Contribuição facultativa de baixa renda de 5%: R$ 60,60.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.