10 de dezembro de 2018

INSS: Dor nas costas é a doença que mais afasta trabalhadores no Brasil por mais de 15 dias

Dor nas costas é a doença que mais afeta trabalhadores

Em 2017, a lombalgia – popularmente chamada de dor nas costas – foi a doença que mais afastou brasileiros do trabalho. De acordo com o INSS, foram 83,8 mil casos no ano. O levantamento nacional aponta que só nos seis primeiros meses de 2017 foram concedidos um total de 22.408 auxílios-doença. A dor nas costas é a doença que mais afasta trabalhadores no Brasil por mais de 15 dias.

Especialistas afirmam que, em média, os problemas de coluna e articulações causam afastamentos de 45 até 90 dias do trabalho, pois incluem medicações e serviços para reabilitação, como fisioterapia e hidroterapia.

É importante lembrar que, ter a doença não significa estar incapacitado e precisar da aposentadoria ou do auxílio-doença. De acordo com o artigo 42 da Lei de Benefícios da Previdência Social – n⁰ 8213/91, a concessão de aposentadoria por invalidez dependerá da verificação da condição de incapacidade mediante exame médico-pericial a cargo da Previdência Social.

A lei esclarece ainda que, a aposentadoria por invalidez será devida ao segurado que, estando ou não em gozo de auxílio-doença, for considerado incapaz e impossibilitado de reabilitação para o exercício de atividade que lhe garanta a subsistência.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.