Direito do Consumidor

Foi vítima da fraude do empréstimo consignado? Veja o que fazer!

Publicado em
Foi vítima da fraude do empréstimo consignado Veja o que fazer!

As reclamações envolvendo a fraude do empréstimo consignado foi uma das reclamações que mais chegou ao conhecimento do Procon, em 2020, sendo o 4º assunto com mais queixas no ano, atrás apenas das queixas sobre cartões, banco de dados e cadastros de consumidores (SPC, Serasa, SCPC etc.), e telefonia móvel pós-paga. Os dados são do Sistema Nacional de Informações de Defesa do Consumidor (Sindec).

Se você foi vítima da fraude, saiba o que fazer!

1. A denúncia pode ser formalizada no Procon e na Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon), no site consumidor.gov.br. Nessa plataforma, Senacon e Procons atuam para promover solução de conflitos entre empresas e consumidores;

2. Procure o atendimento ao cliente do banco que fez o depósito indevido e tente uma solução amigável. Há casos em que a instituição reconhece a ilegitimidade da operação e emite boleto para que o aposentado devolva o dinheiro creditado indevidamente. Nessa mesma conciliação, prestações são canceladas e eventuais valores já retidos pelo banco também podem ser devolvidos;

3. Na conta virtual “Meu INSS” acione a opção que bloqueia os empréstimos consignados. Se essa ferramenta estiver ativa, novas operações de crédito não poderão ser averbadas no benefício. Caso, mais tarde, realmente necessite de empréstimo consignado, o desbloqueio pode ser feito rapidamente no Meu INSS;

4. Consulte um advogado de sua confiança, que poderá orientar sobre a melhor forma de buscar a suspensão dos descontos e o cancelamento da operação pela via judicial.

5. Não saque o dinheiro creditado indevidamente na sua conta. Isso porque, eventual uso desse dinheiro poderá ser interpretado como um aceite da transação. Entre as opções, está bloquear a conta bancária para imobilizar os valores e, depois, solicitar que seja autorizado o depósito em juízo para devolução integral do montante.

 

 

Fonte: Gaúcha ZH

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *