28 de agosto de 2019

Professores têm direito a dedicar 1/3 da jornada de trabalho para atividades fora de sala

Professores têm direito a dedicar 13 da jornada de trabalho para atividades fora de sala

Você sabia que, a lei estabelece que um terço da jornada de trabalho de um professor deverá ser dedicado exclusivamente a atividades fora de sala? Este tempo livre serve para que os professores possam, por exemplo, se dedicar à preparação das aulas, correção de provas e atendimento aos pais.

O direito é garantido pela chamada Lei do Piso (11.738/2008), que regulamenta o piso salarial profissional nacional para os profissionais do magistério público da educação básica e a composição da jornada de trabalho. A lei passou a ter validade a partir de 27 de abril de 2011, quando o STF a declarou constitucional.

Na composição da jornada de trabalho, a lei estabelece o limite máximo de 2/3 (dois terços) da carga horária para o desempenho das atividades de interação com os alunos e o mínimo de 1/3 para atividades de planejamento, coordenação e avaliação do trabalho didático.

 

 

Leia também!

CAT: Saiba quem são os responsáveis pela emissão do documento

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.